Marcha Zumbi +10

Espaço para divulgação da Marcha Zumbi +10, que ocorrerá no dia 16 de novembro de 2005, junto aos meios de comunicação, militância, mundo acadêmico entre outros.

9.12.2005

Sociedade se mobiliza para a Marcha Zumbi +10


Em 1995, foi realizada a Marcha Zumbi dos Palmares Contra o Racismo, pela Cidadania e a Vida, uma ação coletiva do Movimento Negro brasileiro, que teve como resultado a primeira iniciativa de implementação de políticas de ações afirmativas para a população negra no país. Dez anos depois, neste 2005 tão intenso, o Movimento Negro voltará a Brasília (DF) com a Marcha Zumbi + 10, avaliando os avanços conquistados e as dificuldades enfrentadas, nesse período, na luta por políticas públicas para superação das desigualdades raciais no Brasil. A Marcha Zumbi + 10 está sendo construída em mais de 15 Estados, protagonizada pelo Movimento Negro, com o apoio de redes e organizações aliadas na luta de combate ao racismo.

A Marcha está sendo coordenada por uma Articulação Nacional, que se reuniu em 13 e 14 de agosto, em Brasília, com o objetivo de mobilizar e organizar esta grande ação. A Articulação é composta por várias organizações e grupos do Movimento Negro e hoje possui representações de 12 Estados, todas presentes ao encontro: Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Bahia, Piauí, Maranhão, Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná.

Mônica Oliveira, ativista do Movimento Negro, diretora do Regional Abong Nordeste 1 e coordenadora do Cenap (PE), salienta que, se em 1995 a luta foi pela implementação de políticas públicas de ações afirmativas, hoje, a intenção do Movimento Negro é avançar no aprofundamento e ampliação das políticas iniciadas nesses dez anos, garantindo simultaneamente a inclusão da população negra nos espaços e mecanismos de participação democrática. Numa visão mais ampla, o principal objetivo é "recolocar os fundamentos para a construção de uma sociedade justa, democrática e igualitária".

Durante a reunião, foram discutidos aspectos operacionais da Marcha - entre eles: constituição do Colegiado Nacional com os 12 estados presentes; formação das Comissões de Finanças e de Elaboração do Documento, que deverá ser entregue ao presidente da República durante a Marcha; definição de ações de ampliação da mobilização nos Estados. Os(as) participantes realizaram ainda uma avaliação geral da conjuntura nacional e da crise política em curso, analisando o Movimento Negro neste contexto de crise. Como resultado, as organizações emitiram a Nota Pública sobre a Crise Política Brasileira (disponível no site da Abong).

A Articulação Nacional da Marcha Zumbi+10 busca estabelecer alianças com outros segmentos, como o de mulheres, de direitos humanos, e outros, que estão no campo da luta contra o racismo. "Entendemos que o racismo não é "um problema do(a) negro(a)", mas um mal que afeta toda a sociedade brasileira", ressalta Mônica. "É preciso que todas as organizações e pessoas, comprometidas em seus projetos políticos com uma sociedade justa, democrática e verdadeiramente igualitária, cerrem fileiras em torno dessa luta. Não é possível a promoção da igualdade sem o combate sem tréguas ao racismo no cotidiano das relações em sociedade".

A Secretaria Executiva da Articulação Nacional da Marcha Zumbi + 10 está a cargo do Irohin e do Coletivo EnegreSer, organizações sediadas em Brasília. Entre em contato e participe: E-mail: irohin@terra.com.br. Tel.: (61) 3447-1729. (Fonte: Abong)

8 Comments:

  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Anônimo said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Anônimo said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

     
  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Anônimo said…

    Your blog is very great pot heads might like this city hydroponics There's lots of information about city hydroponics

     
  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Fátima Oliveira said…

    Car@s,

    Uma alegria imensa saber que a partir de agora a articulação política da Marcha Zumbi + 10 do dia 16 de novembro pode contar com um Ponto de Encontro e de Informação específico e especial sobre o assunto no ciberespaço.

    GRANDE Márcio, cujo empenho e saberes nos faz chegar até aqui, rumo à Marcha Zumbi +10, por nossa própria conta!

    Axé feminista,
    Fátima Oliveira

     
  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Jalmelice Luz said…

    Excelente idéia de criar um espaço de comunicação ágil, muito bem construído, para divulgar a Marcha Zumbi + 10.
    Jalmelice Luz

     
  • At segunda-feira, 12 setembro, 2005, Anonymous Memória Lélia Gonzalez said…

    Márcio, Sueli, Fátima,
    Parabéns pela iniciativa do Blog. Já era hora de conseguirmos objetividade sobre a MarchaZ+10. Objetividade com informação direta.
    Parabéns pela contagem regressiva.
    Axé!
    Memória Lélia Gonzalez

     
  • At quinta-feira, 15 setembro, 2005, Anonymous Fátima Oliveira said…

    Companheiras da Memória Lélia Gonzalez,

    Obrigada pelas palavras carinhosas e de estímulo.

    O BLOG Marcha Zumbi +10 é de todas as pessoas que estão na Marcha sem pedir licença. É da luta firme e autônoma,

    Esperamos que vocês participem MUITO e que divulguem e estimulem outras pessoas a fazerem do BLOG Marcha Zumbi + 10 o que ele precisa ser um PONTO DE ENCONTRO.

    Axé feminista,
    Fátima Oliveira

     
  • At quarta-feira, 12 outubro, 2005, Anonymous Rebeca Menezes said…

    Me chamo Rebeca, tenho 18 anos, moro em Salvador e sou uma das vocalista do bloco carnavalesco A Mulherada, pra mim a marcha zumbi + 10, será um momento de reflexão para nós negros, um momento em que clamaremos, reinvidicaremos igualdade, liberdade e soluções para nossos problemas, problemas esses que sofremos a cada dia, pois só que é negro sabe como é árdua tarefa de viver nessa sociedade racista.

    Como já fala uma música da mulherada: "Somos feras indomavéis, honra e glória da nação, por uma causa africana, lecionamos a lição, somos guerreiras invencíveis se inflamar pode haver confunsão, pra manter a ordem no mundo estamos pro que der e vier.
    Bjs e muito axé Rebeca Tárique Da S. Menezes.

     

Postar um comentário

<< Home